PEDALE COM MARINA HARKOT - CICLISTAS PRESTAM HOMENAGEM POR TODO PAÍS

Atualizado: Nov 13


Há um ano, mais precisamente no dia 8 de novembro de 2020, morria Marina Harkot, 28 anos, brutalmente assassinada quando pedalava pela região oeste de São Paulo. Marina era cicloativista, mestra, doutoranda e pesquisadora do LabCidade da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP.


Segundo o LabCidade, “a morte de Marina, ativista e pesquisadora dos temas do feminismo, mobilidade ativa e da cidade é uma perda inestimável, criminosa, e não pode ser em vão. Uma cidade que mata, onde o corpo e a vida não tem nenhum significado, não pode mais ser tolerada. Marina foi morta enquanto lutava. Pois sua luta não se separava da sua vida, do seu corpo em movimento de bicicleta pela cidade. E perdemos, junto com a ativista, uma companheira de vida, da vida que ela nos ajudava a enfrentar com novos olhos”.


“Nossa melhor forma de homenagear a Marina é reafirmar nosso compromisso com a luta por cidades que protejam a vida”, salientou a entidade.


No dia de hoje, 06 DE NOVEMBRO DE 2021, às 20 h, na cidade de São Paulo e em diversos lugares do Brasil, nós ciclistas faremos uma homenagem a Marina. Faça um minuto de silêncio e contribua para lutarmos por um trânsito melhor e uma vida mais consciente e sustentável.

89 visualizações1 comentário